XVII Encontro de Folclore do Porto Santo encheu Praça do Barqueiro

19 Ago 2019 / 10:57 H.

A Ilha Dourada acolheu mais um Encontro de Folclore do Porto Santo que vai já na XVII edição, sendo a VI a nível internacional.

O certame teve lugar na Praça do Barqueiro, bem no centro da cidade, e registou casa cheia, motivando a satisfação da Junta de Freguesia, entidade organizadora do Certame.

“Nós ficamos felizes quando estes tipos de eventos se realizam na nossa terra”, referiu Jocelina Melim, presidente da Junta, que todos os anos tenta dar o seu melhor em prol da cultura e das tradições do Porto Santo. “Este folclore que vem de outros cantos do mundo, também nos traz as suas tradições e costumes, o que só nos vem enriquecer”, disse a autarca local.

Jocelina Melim salientou ainda que este tipo de evento “faz muito bem ao turismo da ilha” devido à “qualidade do evento” que “é para continuar”.

Jaime Andrade, do grupo de Folclore da Calheta e um dos participantes do Festival, mostrou-se satisfeito com o convite do Grupo de Folclore do Porto Santo que permitiu assim a primeira actuação na Ilha Dourada, do Grupo proveniente da Calheta, na Madeira.

Quando às condições apresentadas para a realização do certame cultural, o dirigente destacou o “excelente anfiteatro” e o “publico maravilhoso”, referindo ainda que todo clima que se vive neste tipo de evento “faz muito bem à Região Autónoma da Madeira”.

Perante uma praça do barqueiro complemente esgotada, participaram nesta edição de 2019, cinco grupos de folclore, nomeadamente, do Porto Santo, da Calheta (Ilha da Madeira), dois grupos do continente português e ainda um grupo vindo da Polonia.

Outras Notícias