Famílias madeirenses afogadas em dívidas

13 Out 2019 / 07:00 H.

Existem muitas famílias madeirenses afogadas em dívidas. O tema que faz manchete no DIÁRIO deste domingo explica que os empréstimos sucessivos e dívidas com enormes taxas de esforço fazem parte do quotidiano de mais de duas centenas de famílias da Região que pediram ajuda, até Setembro, ao Gabinete de Protecção Financeira da Associação de Defesa do Consumidor (DECO).

Já no contexto político regional, saiba que o Governo está à procura de um espaço para as duas novas secretarias. O concelho de Câmara de Lobos é uma forte possibilidade para acolher a nova Secretaria Regional do Mar e das Pescas.

Pela Assembleia Legislativa da Madeira continua a correr tinta o assunto em torno do assento de presidente da ALM. O JPP considera que revelam intranquilidade as suspeitas dos centristas de que há um entendimento entre PSD e JPP para garantir a governabilidade da Região e os deputados do PS-Madeira vão votar em branco. Os socialistas vão responsabilizar proponentes de José Manuel Rodrigues para a presidência da ALM e também os subscritores do acordo de coligação alicerçado na maioria parlamentar PSD-CDS.

Da Madeira para a África do Sul, o DIÁRIO continua a acompanhar a viagem de José António Garcês, que ouviu as queixas dos emigrantes, que se dizem destratados pela Alfândega e Finanças quando regressam à ilha.

‘Ensino reforçado para 3.700 alunos com necessidades especiais’ é a restante chamada que merece destaque na primeira página do seu matutino.

Bom fim-de-semana!

Outras Notícias