Governo Regional e EEM apresentam miniautocarro eléctrico no Porto Santo

17 Ago 2019 / 14:59 H.

O vice-presidente do Governo Regional da Madeira, Pedro Calado, participou, este sábado (17 de Agosto), na sessão pública de demonstração de um miniautocarro eléctrico, no Porto Santo.

A iniciativa integra o projecto ‘Destinations’, que junta a vice-presidência do Governo, a Agência Regional da Energia e Ambiente da Região Autónoma da Madeira (AREAM), a Moinho Rent-a-Car e a UIC – Unidade de Indústria Automecânico do Centro, no contexto da estratégia ‘Porto Santo Sustentável – Smart Fossil Free Island’ e da candidatura da ilha do Porto Santo a Reserva da Biosfera da UNESCO.

“Esta é estratégia do Governo Regional para a Região. Nós começamos no Porto Santo, porque tem características que potenciam este tipo de experiências”, começou por dizer Calado aos jornalistas na sequência de uma reunião que serviu para fazer o ‘ponto da situação’ do projecto com as entidades envolvidas.

“Se há um ano atrás ou mesmo há dois viéssemos apresentar este projecto, com certeza que alguém diria que estávamos a a ser utópicos”, realçou Calado a propósito das críticas ao projecto.

Por outro lado, vincou: “Com esta equipa, com estas pessoas a trabalhar e com esta maneira de ser e de estar, não só é possível sonhar, como também é possível concretizar. ‘Smart Fóssil Free Island’, é bom exemplo daquilo que nós estamos a fazer”.

“Queremos para o Porto Santo uma ilha sustentável em termos ambientais”, sublinhou, relembrando alguns dos passos que já foram dados no contexto deste projecto (como por exemplo a substituição da iluminaria pública por LEDS), bem como algumas das medidas a implementar.

“Estamos trabalhar num sistema de baterias que vai permitir um menor consumo para gasto público em termos de energia, uma poupança para o município da Ilha Dourada (...) estamos a preparar a substituição dos antigos contadores analógicos nas moradias dos porto-santenses por 4.500 contadores inteligentes, o que vai permitir aos locais fazer uma melhor gestão do consumo; no ano passado fizemos um projecto com a Renault Francesa que disponibilizou 20 viaturas eléctricas para uso no Porto Santo, que tem sido igualmente um sucesso e ainda hoje utilizámos uma viatura para o transporte público cem por cento eléctrico”, acrescentou o líder regional.

Tratam-se, nas suas palavras de “ várias peças do puzzle” que o Governo Regional está a montar na Ilha Dourada e que tem vindo a despertar o olhar de “grandes empresas internacionais, não só do sector automóvel, mas também do sector energético para o Porto Santo”. Um projecto projecto pioneiro nível internacional”, frisou.

No que toca à viatura apresentada esta manhã, trata-se de um autocarro eléctrico com capacidade para 22 lugares, que estará à experiência durante esta semana.

Central permitirá incremento de 60% na produção de energias renováveis

A comitiva visitou ainda as obras de construção da nova Central de Baterias da Empresa de Electricidade da Madeira (EEM), que visa optimizar a eficiência da central térmica e incrementar o aproveitamento das energias renováveis na ilha do Porto Santo.

Um projecto inovador recorre a baterias de iões de lítio, num investimento de 4 milhões de euros, e vai proporcionar o incremento de electricidade produzida a partir de fontes de energia renovável, em cerca de 60%.

Esta nova central terá uma capacidade de 4 MegaWatt (MW) (potência equivalente a um dos grupos geradores da Central Térmica do Porto Santo) e uma capacidade de armazenamento de energia de 3 MegaWatt-hora (MWh).

Este investimento está integrado na estratégia delineada pelo Governo Regional, através da EEM, para atingir a meta de 50% de electricidade com origem em fontes renováveis, uma estratégia que se encontra definida nos planos de acção para a energia sustentável das ilhas da Madeira e do Porto Santo, desenvolvidos no âmbito do Pacto das Ilhas, ao qual a Região Autónoma da Madeira aderiu em 2011.

Outras Notícias