Cidadão turco entre os mortos do ataque contra café no Burkina Faso

Ancara /
14 Ago 2017 / 09:58 H.

A Turquia condenou hoje o ataque armado contra um café na capital do Burkina Faso em que, pelo menos, 17 pessoas morreram, entre as quais um cidadão turco.

“Condenamos o ataque terrorista que causou muitas mortes de inocentes, ontem [no domingo] em Ouagadougou, Lamentamos a morte de um dos nossos cidadãos”, disse o ministro turco dos Negócios Estrangeiros em comunicado, hoje divulgado.

“A Turquia vai continuar a apoiar e a mostrar solidariedade para com o Burkina Faso que, lamentavelmente, se transformou num alvo do terrorismo internacional, nos últimos anos”, acrescenta a nota do ministério dos Negócios Estrangeiros de Ancara.

No domingo à noite, dois homens dispararam contra os clientes do café Aziz Istambul, geralmente frequentado por estrangeiros, na capital do Burkina Faso.

A troca de tiros entre os atacantes e as autoridades prolongou-se durante quatro horas.

Segundo uma fonte das forças de intervenção de Ouagadougou, os dois responsáveis pelo ataque foram abatidos

Outras Notícias