Comédia de Teresa Rebelo marca o fim-de-semana no Teatro Baltazar Dias

15 Fev 2017 / 10:26 H.

O Teatro Municipal Baltazar Dias prossegue, este fim-de-semana, a sua repleta agenda de espectáculos, trazendo à cena ao Funchal uma comédia da açoriana Teresa Rebelo, intitulada ‘POP! Se calhar o amor é isso’, justamente o projecto que marcou a sua estreia a solo como autora, actriz e encenadora.

Este espectáculo, realizado com o apoio da Câmara Municipal do Funchal, assume-se como uma comédia dramática sobre diferentes rumos e histórias de vida, satirizando a desumanização, a sociedade de consumo exacerbado e o sonho idílico do amor perfeito. A peça será apresentada a 17 e 18 de Fevereiro pelas 21 horas, e domingo, dia 19, pelas 18 horas. As entradas custam 8 euros.

A encenação, interpretação e texto original são de Teresa Rebelo, natural de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, nos Açores. A atriz estudou Artes e Ofícios na Escola Antero de Quental e frequentou a Academia das Artes de Ponta Delgada, tendo-se formado, ao longo dos anos, em teatro, interpretação e técnica vocal, incluindo com formações a nível internacional. A peça que será apresentada no Funchal no próximo fim-de-semana gira em torno de três mulheres diferentes, personagens com sonhos que não foram realizados - Madeleine, Gloria e Charlotte – que, não tendo qualquer relação entre si, foram idealizadas para ser o retrato de uma mesma mulher em três fases distintas da vida.

Avelina Macedo é a assistente de encenação, com a fotografia, vídeo e design gráfico a ficarem a cargo de Mariana Camacho e Filipe Ferraz. A música original é da autoria da banda madeirense Punk d’Amour. O espectáculo tem a duração de 75 minutos.