Famílias beneficiadas com novas medidas no IRS e na assistência aos filhos

O caso de Isabel dos Santos atravessa a imprensa nacional

21 Jan 2020 / 09:55 H.

Novo IRS engorda salários das famílias, noticia a manchete do Correio da Manhã, que revela nesta edição quanto mais vão as pessoas levar para casa. Segundo o jornal, os pensionistas e a Função Pública já recebem este mês pela nova tabela e só paga imposto quem ganhar mais de 659 euros por mês. A imagem desta terça-feira é de Isabel dos Santos. A Justiça admite congelar os bens da empresária angolana. “Angola pede apoio à procuradoria portuguesa para avançar com processo criminal. E já admite emitir mandato de captura internacional”. Isabel dos Santos, filha do anterior presidente de Angola tem cerca de 400 empresas espalhadas por mais de 40 países.

Baixas para assistência aos filhos vão ser pagas a 100%. Actualmente é a 65%, dá conta o Público.

1,5 milhões de euros constam no Orçamento de Estado em medidas de apoio à natalidade. Isabel dos Santos ocupa um terço da capa. “Cerco aperta nos negócios, justiça portuguesa não abre inquérito”. No cabeçalho, o presidente norte-americano e o impeachment. “No julgamento de Trump, a retórica é quem mais ordena”.

O Diário de Notícias reserva uma parte da capa para Isabel dos Santos, com referência às acusações à “mulher mais rica de África”. Rui Tavares é figura em destaque no jornal, ocupa mais de meia página. Na entrevista, confessa: “Senti a vergonha alheia dos outros. É duro quando se fez um partido”. A manchete da edição é de que “Há 500 milhões de pessoas a trabalhar sem salário. Jovens são os mais excluídos”. A taxa de desempego, a desigualdade e a exclusão devem aumentar em 2020, segundo a Organização Internacional do Trabalho.

O caso da empresária também está no JN, com o Banco de Portugal a forçar Isabel dos Santos a sair do EuroBic, revela uma pequena chamada na primeira página. “Comprimidos para sexo no topo das apreensões”, diz a notícia principal. No ano passado foi batido o recorde nas alfândegas. China, Índia e Brasil são os principais países de origem. Em grande está ainda o caso da mulher que abandonou dois fetos no carro. Hoje há manifestações dos polícias, mas estão proibidas nos aeroportos.

No i, as cadeias portuguesas. Falta de meios obriga a libertar presos preventivos, diz a notícia mais destacada desta edição. Leia também “Os docentes do Superior tremem de medo e de frio”. A revelação é de Gonçalo Velho, do Sindicato Nacional do Ensino Superior. Os 22 mais ricos do mundo têm mais dinheiro do que todas as mulheres de África. As desigualdades estão a acentuar-se. Isabel dos Santos chega ao i sem fotografia, mas não esquecida. Procurador-Geral da República angolano admite mandato de captura internacional para a empresária.

Metade dos Fundos rendeu mais de 10%. A notícia foi escolhida para liderar a edição desta terça-feira do Negócios. Em grande o jornal especializado coloca: “Cerco a Isabel dos Santos chega a Portugal”. O jornal destaca as 17 empresas da rede da empresária em Portugal e o quem gravita à sua volta. Ainda nesta edição, o imposto sobre bebidas açucaradas, que vai render mais 26 milhões em impostos.

Nos desportivos, o Record apregoa a chegada de Sporar. O avançado esloveno de 25 anos assina por quatro épocas e meia com o Sporting. O mesmo jornal diz que Seferovic é cobiçado pelos clubes da Premium League, dispostos a pagar 25 milhões pelo jogador. O presidente do Benfica hesita. O Jogo destaca ao início da ‘final four’ da Taça da Liga. “A 13.ª”, escreve. E acrescenta que a Federação Portuguesa de Futebol e a Liga ponderam fim da competição. A Bola coloca em grande “Claques vão para a gaiola”. Isto já na próxima época. A decisão da direcção do Sporting “toma medida dura para com os Goa do clube”. Aqui também o jogo de hoje da Liga, às 19h45, que coloca frente a frente o Braga e o Sporting.