Incêndios nas Canárias fizeram 25 desalojados mas baixa de intensidade

13 Ago 2019 / 09:53 H.

O incêndio florestal que desde sábado atinge a zona mais alta de Tenerife, Canárias, registou reacendimentos e provocou 25 desalojados apesar de ter baixado de intensidade.

O serviço de urgências espanhol informou que o fogo em Tenerife afetou sobretudo os municípios de Artenara, Tejeda e Gáldar e registou vários reacendimentos nas zonas que tinham ardido anteriormente.

No restante perímetro de 23 quilómetros, 1.500 hectares, não se registaram ocorrências.

Entretanto, o segundo incêndio, detetado na noite de segunda-feira, atingiu as áreas de Cabildo, igualmente na Grã Canária, tendo nesta área sido retiradas 15 pessoas.

Este último incêndio alastrou-se devido aos fortes ventos que se fizeram sentir no local, mas durante a madrugada foi reduzindo de intensidade, de acordo com as autoridades espanholas.