Obra de reconstrução da Capela das Babosas concluída entre 8 a 9 meses

02 Ago 2019 / 20:54 H.

A reconstrução da Capela das Babosas, no Largo da Babosas, Monte, era um dos objectivos de Miguel Albuquerque, presidente do Governo Regional. Isto porque, segundo o governante, tem “um significado profundo, espiritual e afectivo” para a população daquela freguesia, assim como para todos os madeirenses.

“Desde o início, houve a intenção da reconstrução da capela. Discutiu-se se devia ser replicada a capela tal como ela era ou um projecto inovador e sempre optei pela ideia de termos aqui a reconstrução da capela tal qual ela existia, sendo esta uma vontade do povo”, disse na cerimónia de lançamento da primeira pedra da obra de reconstrução da Capela das Babosas, que se realizou hoje.

Albuquerque adiantou que a previsão da conclusão da reconstrução do edifício religioso aguardado pela população “é de 8 a 9 meses”.

“Será uma obra relativamente célere e é muito importante, porque os populares queriam e desejavam que esta capela fosse erguida no Largo das Babosas, porque tem um símbolo de protecção da população da freguesia e, espiritualmente, diz muito às pessoas”, realçou.

Esta empreitada, da responsabilidade da Diocese do Funchal, será financiada no valor de 400 mil euros pelo Governo Regional.