Arranque e corte de árvores origina indignação na Tabua

22 Fev 2020 / 20:05 H.

Parte da população da freguesia da Tabua está indignada por assistir ao arranque e corte de pelo menos três árvores (Metrodisero) de considerável porte. Este procedimento, executado por uma empresa de jardinagem, deve-se ao transporte até ao Parque Eólico Alecrim-Urze, no Paúl da Serra, de 12 pás eólicas com 67 metros cada uma, dividido em 2 fases. Alguns populares estão incrédulos por ver o descampado que a rotunda ficou, no entanto a regional do Equipamento e das Infraestruturas desdramatiza.

Lembra que, numa primeira fase, o transporte será feito de forma convencional, cujo percurso tem início no Porto do Caniçal até à Ribeira Brava. Já na segunda fase, o transporte será efectuado com recurso à utilização do equipamento Blade Lifter que, para além de desempenhar um papel determinante quando existem estradas sinuosas, curvas apertadas, zonas povoadas, e inclinações anormais, permite levantar a pá eólica transportada até 60º de inclinação, assim como rodar 360º sobre o seu eixo.

O transporte dos quatro geradores, cada um com 120 toneladas de peso, será feito em quatro fases devido à complexidade do trajecto e exigência das obras de arte a atravessar. Serão usadas três composições diferentes de transporte com comprimento máximo acima dos 70 metros.

Há instantes, contactado o gabiente do secretário regional do Equipamento e das Infraestruturas reiterou aquilo que já comunicara: “Trata-se de um procedimento necessário para que estes equipamentos consigam ter o seu destino final”, explicou, vincando que nos “próximos três meses tudo aquilo que foi necessário arrancar ou destruir será recolocado integralmente”.

Nesta operação de transporte estão ainda a deslocação de geradores. Para isso serão utilizados dois a três camiões para tracionar as respectivas composições e vencer as acentuadas subidas que caracterizam a ilha. A primeira fase do transporte do gerador arranca no Porto do Caniçal até à entrada da VR1; passando aí para a segunda fase, até à Ribeira Brava. Até aos Prazeres estará em curso a terceira fase, terminando no Parque Eólico Alecrim Urze.