20 milhões investidos na Protecção Civil

16 Set 2019 / 20:29 H.

O secretário regional da Saúde, Pedro Ramos, presidiu ao final da tarde desta segunda-feira, no quartel dos Bombeiros Voluntários do Porto Santo, à tomada de posse do Comandante Carlos Drumond e também à entrega das novas divisas (de primeira e segunda categoria) aos bombeiros voluntários locais. Na cerimónia, o governante vincou que “a Protecção Civil está bem na Madeira e o investimento é total” e acrescentou: “estamos diferentes, somos diferentes, estamos melhores e somos melhores”.

Ramos adiantou ainda que “nesta legislatura são cerca de 20 milhões de investimento, num sinal evidente da evolução do governo nesta área, preocupação com as pessoas e seus bens, com seu património, mas também, com os seus profissionais”. “Temos de recordar o passado porque só assim percebemos o que já foi feito até agora em todas as áreas, só assim vivemos bem o presente e podemos projectar o futuro” disse Pedro Ramos.

O secretario regional da Saúde disse que o investimento está “a contribuir para um Serviço Regional de Protecção civil mais participativo e, no qual temos, quatro eixos de actuação: prestar socorro eficaz e eficiente em todas as suas dimensões, aperfeiçoar as nossas capacidades de comando e comunicações, aumentar a protecção civil da nossa população, reforçar a nossa capacidade de prevenção dos riscos”.

Carlos Drumond, comandante dos bombeiros voluntários do Porto Santo, disse na tomada de posse, “sinto uma enorme responsabilidade preservar o seu legado e ao que o comando diz respeito, saber do passado para conseguir interpretar o porquê dos êxitos e dos fracassos próprios ou alheios, e porventura, a melhor forma de no presente perspectivar um melhor futuro”.

Já o presidente da Associação dos Bombeiros Voluntários do Porto Santo, Gregório Pestana, disse na cerimónia que pediu à Câmara Municipal “para rever o protocolo financeiro celebrado entre a edilidade e esta associação”. “Sabemos nós que os tempos não são fáceis, mas o município tem grandes responsabilidades na área da protecção civil, e, a acontecer a revisão de protocolo financeiro, vossa excelência tem à vossa frente 16 elementos que terminam a sua formação no final deste ano, e que alguns deles poderiam ser contratados logo em Janeiro, perfazendo assim um total 24 elementos, número esse que consideramos razoável e aceitável para esta cooperação de bombeiros”, disse Gregório Pestana.

O presidente da associação de BVPS, agradeceu toda a colaboração do governo regional pela ajuda em diversos sectores na última legislatura, mas sem esquecer igualmente a ajuda dos governos anteriores e igualmente agradeceu todo apoio dado pelo SRPC à cooperação de bombeiros.

Outras Notícias