Madeira

Adesão à greve dos médicos na Madeira aumentou ligeiramente no turno da tarde

None

O primeiro dia de greve dos médicos, convocada pelo SIM, teve uma adesão média de 27% (26,79%) no SESARAM. Uma percentagem alcançada essencialmente na parte da tarde, depois de, no turno da manhã a média ter sido de 25%.

Os dados, acabados de divulgar pelo SESARAM apontam para níveis de adesão nos cuidados hospitalares de 27,27% no turno da manhã e de 28,95% no turno da tarde.

Nos cuidados de saúde primários – centros de saúde, a adesão foi de 23,47% no turno da manhã e de 27,45% no da tarde.

“A adesão global à greve, por parte dos médicos do SESARAM, no dia 2 de Julho, nos períodos da manhã e da tarde, rondou os 26,79% e teve reflexos na actividade programada do bloco operatório e nas consultas externas.”