Presidente da Venezuela entrega ajuda a Cuba

23 Set 2017 / 10:18 H.

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, entregou na sexta-feira ao seu homólogo de Cuba, Raúl Castro, um carregamento de ajuda humanitária para os afectados pelo furacão Irma, que causou dez mortos e elevados danos materiais na ilha.

Maduro, que chegou sem aviso prévio a Cuba na madrugada de sexta-feira para entregar a ajuda humanitária, disse numa cerimónia realizada no porto de Mariel, a 53 quilómetros de Havana, que o povo cubano deve saber que a solidariedade da Venezuela para com a ilha é “certa, verdadeira e para sempre”.

A Venezuela foi o primeiro país a enviar ajuda para Cuba após a passagem do furacão Irma, que entre 08 e 10 de Setembro atingiu a ilha.

A ajuda inclui materiais de construção, transformadores, motosserras e camiões, entre outros.

A Venezuela é o maior aliado político e económico de Cuba na América Latina.

Cuba recebe petróleo da Venezuela a preços subsidiados em troca do serviço prestado naquele país por profissionais, principalmente médicos e professores da ilha caribenha.

O Programa Alimentar Mundial (PAM) anunciou no domingo que vai conceder uma ajuda de emergência de 7,2 milhões de dólares (cerca de seis milhões de euros) a Cuba, muito afectada pela passagem do furacão Irma.

Os danos causados pela passagem do Irma por Cuba estavam ainda a ser avaliados, mas organizações não-governamentais e agências das Nações Unidos anteviram já meses muito difíceis para a ilha, que vai precisar da ajuda internacional para recuperar.