Governo diz que mediação “não é viável”

16 Ago 2019 / 03:30 H.

O secretário de Estado do Emprego, Miguel Cabrita, disse hoje que o processo de mediação para travar o conflito laboral entre o sindicato de matérias perigosas e a Antram “não é viável”.

“O processo de mediação só avança quando tem viabilidade” e “depende da vontade das partes”, afirmou o governante, em conferência de imprensa, em Lisboa.

Antes, o secretário de Estado do Emprego, Miguel Cabrita, tinha dito que o Governo ia nomear um mediador para tentar terminar o conflito entre a Antram e o Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP).

Esta tarde, o SNMMP pediu a mediação do Governo para chegar a um entendimento que permita terminar a greve.

A Antram disse hoje à Lusa que, se os sindicatos desconvocarem a greve, podem reunir-se já na sexta-feira.

Outras Notícias