Aumenta para cinco o número de mortos da erupção do vulcão da Nova Zelândia

09 Dez 2019 / 09:45 H.

Aumentou para cinco o número de mortes provocadas pela erupção do vulcão de White Island, Nova Zelândia, uma das mais com visitadas atracções turísticas do país, disse hoje a polícia.

Além dos cinco mortos, “18 pessoas ficaram ferias, sendo que algumas apresentam queimaduras graves”, disse o subcomissário da polícia, John Tims.

De acordo com as autoridades, um grupo de pelo menos dez turistas continuam desaparecidos.

A agência neozelandesa GeoNet, que monitoriza a actividade vulcânica e sismológica no país, indicou ter ocorrido uma erupção vulcânica moderada que ocorreu às 14h11 (01h11 em Lisboa) e alertou para possíveis novas erupções ou sismos.

Os turistas efectuavam uma viagem pela ilha desabitada de Whakaari, onde se situa o vulcão White Island, quando ocorreu a erupção, lançando rochas e uma grande nuvem de cinzas.

As equipas de emergência, apoiadas por sete helicópteros, estão no terreno a retirar as pessoas afectadas, algumas das quais estavam perto da cratera minutos antes da erupção, de acordo com imagens de uma câmara de rastreamento instalada na zona.

As autoridades estabeleceram um perímetro de segurança ao redor da ilha e cancelaram imediatamente todas as excursões, incluindo as de barcos turísticos ao redor da ilha que é visitada anualmente por cerca de 10.000 pessoas.