Algumas zonas de Caracas sem energia eléctrica desde há três dias

03 Jul 2019 / 19:11 H.

Algumas zonas do Distrito Capital apresentam problemas no abastecimento de energia elétrica, pelo terceiro dia consecutivo, enquanto outras regiões na Venezuela registam subidas e descidas no serviço.

“Tivemos que desligar os equipamentos de ecografia porque começaram a falhar e podiam estragar-se. Pedimos desculpa aos utilizadores e as pessoas entendem que mesmo com sistemas de proteção os equipamentos podem avariar-se”, disse à Lusa o empregado de uma clínica.

As oscilações no abastecimento de energia estão a ser sentidas em La Campiña, Sabana Grande, El Bosque (centro-leste de Caracas) e ainda em Oripoto, El Hatillo e Baruta (a sul) e em Sucre (leste).

Em Guarenas e Guatire, através da rede social o Twitter, os utilizadores da Internet dão conta de “zonas comerciais, industriais e escolares paralisadas por falta de eletricidade”.

Terça-feira os apagões afetaram as localidades próximas da capital, Caracas de Las Mercedes, El Peñón, El Cigarral, Prados del Este, Los Naranjos, Macaracuay, La Boyera, Santa Fe e El Solar de El Hatillo e, nalgumas delas, o serviço permanece instável.

Alguns habitantes disseram à agência Lus, temer que mesmo com o racionamento elétrico, e sendo Caracas a cidade “protegida”, possa ficar completamente às escuras em qualquer momento.

Em março e abril passado vários apagões deixaram a Venezuela às escuras ao longo de vários dias.

Outras Notícias