Advogados de Cristiano Ronaldo querem tentar novo acordo com Kathryn Mayorga

23 Jun 2019 / 11:50 H.

Os advogados de Cristiano Ronaldo estão dispostos a avançar com um acordo extrajudicial com Kathryn Mayorga, a mulher que acusa o jogador português de violação, num quarto de hotel de Las Vegas, em 2009.

Segundo o site ‘Notícias ao Minuto’, que cita o Der Spiegel, a equipa que defende o atleta português apelou ao acordo extrajudicial ou, em alternativa, a que o caso prossiga nos tribunais de arbitragem - uma forma de administração da justiça em que o conflito é submetido, por determinação da lei ou por acordo das partes, ao julgamento de particulares, ou seja, os árbitros.

A mesma publicação refere que os advogados de CR7 pediram “mais tempo para dar resposta no processo às 11 queixas de Mayorga e autorização para ultrapassar o limite de 24 páginas previsto para o relatório da defesa”.

Leslie Mark Stovall, advogado de Mayorga, não se mostrou surpreso com a formulação do pedido da defesa, nem tão pouco ficaria se o juiz o aceitasse. Perante a decisão do tribunal, que deverá ser conhecida dentro de algumas semanas, o advogado de acusação terá 14 dias para responder.