Universidade da Madeira leccionará o 3.º ano do Ciclo Básico de Medicina a partir de 2020/2021

03 Dez 2019 / 20:44 H.

A partir do próximo ano lectivo, o Ciclo Básico do Mestrado Integrado em Medicina da Universidade da Madeira passará a disponibilizar o 3.º ano do curso. A novidade, após acreditação da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior, foi anunciada hoje, numa cerimónia que contou com a presença do reitor da UMa, José Carmo, do director da Faculdade de Medicina de Lisboa, Fausto Pinto e do secretário da Saúde, Pedro Ramos.

José Carmo explicou que os alunos que ingressarem no próximo ano já poderão fazer assim os 3 anos do curso na Madeira, sendo que os que estão agora no 1.º ano, poderão também optar por fazê-lo. “Já fizemos as contratações de docentes, vamos criar mais uma sala de videoconferência e contamos com o apoio da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e do SESARAM”, disse sublinhando que o apoio da FMUL “tem sido inexcedível”.

Já Fausto Pinto recordou que a FMUL é parceira da UMa neste projecto desde o princípio, 2004/5. “Temos trabalhado em conjunto e dado todo o apoio”, recordando que os alunos que ingressam na UMa têm uma formação igual aos que ingressam na FMUL”.

Finalmente Pedro Ramos sublinhou a “grande satisfação” do Governo e da Secretaria da Saúde nesta conquista do 3.º ano do curso, afirmando que este é um projecto seguro, que tem qualidade e para o qual vão certamente contribuir os 18 doutorados que trabalham na Região e sobretudo no SESARAM. O governante disse ainda que esta é uma “medida muito importante” que significa “a consolidação da porta de entrada dos futuros médicos na Região”.

Outras Notícias