‘Pirata’ foi capa de jornal em Samoa e recorda ‘pauleiros’ que vivem na ilha

16 Set 2019 / 11:25 H.

O madeirense Henrique Afonso foi o grande destaque da edição de segunda-feira do ‘Samoa Observer’, matutino da ilha onde o ‘pirata’ da Madeira ancorou no passado fim-de-semana.

Numa longa entrevista, o velejador fala dos 200 litros de Vinho Madeira que leva consigo a bordo do ‘Sofia do Mar’, nesta volta ao Mundo que se iniciou a 15 de Janeiro e que findará, ao que tudo indica, em Julho do próximo ano.

Sob o título ‘Navegando pelo Mundo num barco cheio de vinho: aventureiro português testa conto de velejadores antigos’, Henrique Afonso começa por referir que nunca fez parte dos seus planos parar em Samoa e fala no principal propósito da circum-navegação.

“Todo o objectivo da minha viagem é encenar uma história que aconteceu no século XVIII, onde os portugueses descobriram numa de suas viagens a viajar de um lado para o outro que o vinho que transportavam tinha um sabor diferente, como se tivesse mais qualidade”, afirmou o madeirense, acrescentando que ainda não bebeu uma gota do generoso.

Para além disso, Henrique Afonso recordou os ‘pauleiros’ que emigraram para Samoa a fim de trabalhar na pesca do atum. “Conheci Samoa através de algumas pessoas que são naturais de onde eu venho. Há muitas pessoas que pescam em grandes barcos de atum e a maioria delas está agora na Samoa Americana e é por isso que eu sabia sobre a Samoa”, explicou o ‘pirata’ que entre as aventuras hilariantes já vividas nesta viagem recordou a mais recente: ter ‘perdido’ um dia de vida.

Outras Notícias