Pedro Calado diz que nunca precisou do Governo para fazer actividade desportiva

17 Abr 2019 / 20:59 H.

O vice-presidente do Governo Regional (GR) disse hoje que muito antes de entrar no Governo, em finais de 2017, começou a sua actividade desportiva relacionada com o desporto automóvel em 1999, já lá vão 20 anos. “Nunca precisei do GR para fazer actividade desportiva, não preciso, nem nunca vou precisar”, salienta Pedro Calado, em resposta às acusações do presidente do grupo parlamentar do PS, Victor Freitas, sobre os alegados privilégios da sua participação nos ralis, publicadas esta quarta-feira na edição impressa do DIÁRIO.

Calado frisa que antes de entrar no GR “já era campeão regional e já tínhamos conquistado títulos a nível regional, a nível nacional e ganhámos eventos de cariz internacional como o Rali Vinho Madeira e outros”.

Esclarece que pertence a uma organização que é “uma equipe semi-profissional”, e é essa equipe que tem um relacionamento directo com os patrocinadores. Por isso diz, “não beneficiei, não beneficio e não tenciono beneficiar porque consigo e sei separar as águas entre os patrocinadores e a minha actividade profissional” refere.

Pedro Calado lança um convite aos líderes do PS e à direcção do PS para “passarem no Rali da Calheta, em Maio, onde terão a oportunidade de verificar quem começou a sua actividade desportiva depois de ter tido algum relacionamento com o mundo político e quem beneficia directa ou indirectamente de alguns relacionamentos políticos”, refere o governante.

Outras Notícias