Novos preços dos passes com efeitos positivos

Número de utilizadores dos autocarros urbanos cresceu 3,5%, ajudando ao total (+2,2%) e compensando a perda verificada nos interurbanos (-0,7%). Mais utilizadores de teleféricos, mais viaturas ligeiras novas e menos usados vendidos na primeira metade de 2019

13 Set 2019 / 11:38 H.

A Direcção Regional de Estatística da Madeira divulgou a evolução dos transportes terrestres no 1.º semestre de 2019, destacando-se o que parece ser o efeito dos novos preços dos passes, pois registou-se um aumento dos passageiros transportados por meio de autocarro, o mesmo se passando nos teleféricos (turismo), enquanto a aquisição de veículos usados diminuiu face ao mesmo período de 2018, contrapondo com os carros novos adquiridos.

“De acordo com os dados apurados pela DREM, os transportes colectivos de passageiros por meio de autocarro contabilizaram no 1.º semestre de 2019 um total de 12,5 milhões de utilizadores, representando uma variação positiva de 2,2% face ao período homólogo. Nas carreiras urbanas foram transportados 8,6 milhões de passageiros entre janeiro e junho de 2019, +3,5% em comparação com o 1.º semestre de 2018, enquanto nos interurbanos, contabilizaram-se 3,9 milhões de passageiros transportados, -0,7% face ao período homólogo”, diz a entidade estatística.

Teleféricos a crescer

Já sobre os teleféricos, nomeadamente usados pelos turistas: “Entre Janeiro e junho de 2019, venderam-se cerca de 467 mil bilhetes a utilizadores dos teleféricos da Região (+7,5% que em igual período do ano passado) sendo 93,8% para adultos, 3,5% para crianças e o restante para outro tipo de utilizadores (ex. agricultores, residentes, estudantes, etc...). As receitas totais dos primeiros seis meses do ano ultrapassaram os 5,3 milhões de euros, correspondendo a um crescimento de 8,0% face ao período homólogo.”

Carros novos a disparar

Cada vez mais carros novos, num regresso aos bons tempos: “Segundo a informação recolhida pela ACAP - Associação Automóvel de Portugal junto do Instituto de Registos e Notariado, entre janeiro e maio de 2019, foi registado um total de 1 654 veículos ligeiros de passageiros novos adquiridos por residentes na RAM, representando um acréscimo de 4,2% face a igual período de 2018, e um total de 197 veículos ligeiros de mercadorias novos correspondendo a um acréscimo homólogo de 2,6%. Comparativamente ao período de janeiro a maio de 2018, contabilizaram-se em termos globais mais 86 aquisições, o que se traduziu num acréscimo de 4,7% face ao mesmo período do ano anterior.”

Usados a baixar

Em sentido contrário, ainda que em maioria nas vendas, os usados perdem mercado: “Por sua vez, as Conservatórias da Região registaram no 1.º semestre de 2019 a transferência de registo de 6 675 veículos automóveis usados, 84,9% dos quais ligeiros de passageiros e 14,0% ligeiros de mercadorias. Foram também registados 68 veículos pesados, cerca de 1,0% do total. Em comparação com o 1.º semestre de 2018, o número de registos diminuiu em 138, o que traduz um decréscimo homólogo de 2,0%.”

Outras Notícias