Mais de 90% dos alunos da Francisco Franco entraram no ensino superior

69% conseguiu colocação na primeira opção e há alunos desta escola em dois dos cursos com a média mais alta

10 Set 2019 / 10:09 H.

Menos de 8% dos alunos da Escola Secundária de Francisco Franco não conseguiram entrar no ensino superior. Dos 485 que apresentaram candidatura, 448 entraram efectivamente num curso e vão prosseguir estudos, divulgou em nota a escola secundária, tendo por base os resultados do concurso nacional de acesso 2019, ontem divulgados, relativamente à primeira fase de candidatura.

Os bons resultados dos alunos desta instituição pública de ensino traduzem-se ainda no facto de 69 % dos alunos conseguiu colocação na primeira opção e no facto de terem representantes em dois dos três cursos com as médias de ingresso mais altas sem recurso ao contingente especial da Madeira: no curso de Engenharia Aeroespacial do Instituto Superior Técnico de Lisboa, e no de Bioengenharia da Universidade do Porto.

Os três cursos onde mais alunos da Francisco Franco foram colocados foram Gestão (47 colocados), Medicina (27) e Engenharia Informática (20).

De sublinhar ainda que 159 alunos da Francisco Franco vão frequentar o ensino superior na Universidade da Madeira, que é a principal instituição de destino dos alunos desta escola.

Outras Notícias