Igreja distribui panfleto com ‘perguntas e respostas sobre a Eutanásia’

A uma semana da discussão, na Assembleia da Republica, sobre a despenalização da eutanásia em Portugal, Diocese do Funchal intensifica os ‘apelos’

14 Fev 2020 / 16:23 H.

As igrejas da Diocese do Funchal estão a distribuir aos fiéis um folheto com ‘Perguntas e respostas sobra a Eutanásia’.

Com o “objectivo ajudar a esclarecer algumas dúvidas sobre a eutanásia, numa altura em que se discute a sua legalização no nosso país” a Igreja madeirense está a distribuir ao público o prospecto elaborado com base no documento publicado pela Conferência Episcopal Portuguesa.

Na informação impressa constam respostas as várias perguntas sobre a eutanásia, nomeadamente: “O que é? É lícito provocar a morte de uma pessoa a seu pedido? É lícito provocar a morte para eliminar o sofrimento? A vida tem apenas um valor individual? Quais as necessidades do doente em fim de vida? Quais as consequências da legalização da eutanásia? A legalização da eutanásia é um progresso civilizacional?”. Perguntas com respostas defendidas pela Igreja Católica que reforçam a convicção que “devemos defender a vida humana até ao fim. E nunca provocar a morte”, pode ler-se no panfleto.

A Igreja do Carmo é um dos locais onde hoje, durante o dia, estavam a ser distribuídos os folheto com ‘Perguntas e respostas sobra a Eutanásia’. Recorde-se que na próxima semana, no dia 20 de Fevereiro, está agendada a discussão, na Assembleia da Republica, sobre a despenalização da eutanásia em Portugal. Acontecimento que não é alheio a esta ‘campanha’ da Diocese do Funchal.