“Governo está com a Calheta”, diz Albuquerque

19 Jun 2019 / 19:12 H.

O presidente do Governo Regional fez o ‘filme’ do desenvolvimento e do progresso do concelho da Calheta e aproveitou o momento para recordar a Madeira antiga e a Madeira actual tal como o fez na área do património cultural a par da oferta que o Museu de Arte Contemporânea oferece. “Mas não só”, disse.

Tem na educação um alicerce altura para agradece a dedicação que os professores têm dado recordando a reintegração das carreiras.

“Uma questão de justiça”, salientou, frisando que “não são palavras ocas”. A educação “é essencial, é determinante”, vincou.

Outro tema que Miguel Albuquerque fez questão de evidenciar foi a generalidade dos acessos à saúde não deixando de enumerar uma “lista longa, eu sei, mas é preciso dizer”, observou para a plateia que ia ouvindo o chefe do Executivo insular.

Pelo meio falou da mobilidade social dando o exemplo da Via Expresso que será concluída este verão ou o caminho Agricola do Pinheiro, no Arco da Calheta ou a ligação entre o Estreito da Calheta ao Jardim do Mar que custará “21 milhões de euros” e será lançado dentro de três meses, afiançou.

O povo da calheta está de parabéns porque sempre “tomou as opções correctas” e por ter uma Câmara que “trabalha com humildade ao contrário de outros”, disse rematando da seguinte forma: Governo está com a Calheta”.

Outras Notícias