Deputados da CDU “foram os que melhor defenderam a Madeira” no Parlamento Europeu

17 Abr 2019 / 14:47 H.

Ricardo Lume referiu esta manhã, no Funchal, que os deputados da CDU “foram os que melhor defenderam os interesses da Madeira no Parlamento Europeu”.

“Podemos afirmar que a CDU, na última legislatura, não teve apenas um, nem dois, mas sim três deputados que defenderam os interesses da Madeira no Parlamento Europeu”, salientou o candidato madeirense a Bruxelas nestas eleições europeias, tendo destacado a “intervenção confiante e determinada” do seu partido “em defesa dos direitos e interesses dos trabalhadores para assegurar avanços, para combater retrocessos e romper com o rumo de desigualdade”, frisou.

Ricardo Lume apresentou propostas e soluções para os problemas que passam pela “valorização do trabalho e dos trabalhadores, dos direitos, salários, reformas e pensões”, além da defesa e promoção da produção nacional e dos sectores produtivos.

Destacou as intervenções feitas pelos deputados do Parlamento Europeu sobre questões regionais, como os apoios para a construção da nova escola secundária no Porto Santo; as condições da ligação aérea entre Madeira e Porto Santo, a defesa e protecção do areal da praia do Porto Santo ou o impacto da redução das capturas de peixe espada preto na Região Autónoma da Madeira, além dos Incêndios e de outras questões colocadas.

O candidato comunista relembrou ainda as deslocações à Madeira dos deputados da CDU para reuniões e visitas de trabalho e demonstrou que os três deputados do seu partido no parlamento europeu realizaram 576 intervenções em plenário, 4039 declarações de voto e 1262 perguntas orais e escritas, que demonstra “o cumprimento dos compromissos assumidos, interligando a intervenção institucional com a luta dos trabalhadores e das populações respondendo aos anseios e interesses do povo.