Câmara da Calheta investe 900 mil euros na renovação da frota automóvel

09 Dez 2019 / 16:04 H.

A Câmara Municipal da Calheta revela que acaba de investir em 17 novas viaturas. Uma aposta que ronda os 900 mil euros e permitirá dotar os vários serviços de veículos mais recentes e também mais seguros.

Isso mesmo sublinhou o presidente da Câmara, esta manhã, no momento da entrega das primeiras viaturas. Ciente do “peso” deste investimento para o orçamento camarário, Carlos Teles referiu que esta foi uma decisão que tinha de ser tomada pela autarquia, uma vez que “a frota automóvel já tinha alguns anos, muitos quilómetros e já obrigada a um esforço financeiro muito grande para a sua manutenção”. “Para o nosso orçamento tem um certo peso, mas penso que o investimento irá compensar tendo em conta aquilo que vamos poupar na manutenção e nas despesas que temos com as oficinas”, frisou o edil, salientando ainda o facto de estar também em causa a própria segurança de todos os que utilizam estas viaturas.

Refira-se que este processo de renovação da frota automóvel contempla duas fases. A primeira, que decorreu hoje, com a entrega das primeiras dez viaturas para serviços camarários, e a segunda, que deverá ocorrer no início do próximo ano, aquando da chegada de sete veículos pesados de passageiros (de 17 lugares), os quais se destinam ao transporte escolar.

Entretanto, a circular ficam já uma dezena de automóveis, sendo a grande novidade a aquisição de um veículo eléctrico, uma aposta a pensar no meio ambiente. Ao serviço está já também um veículo pesado de mercadorias com grua, importante para a área da protecção civil, e ainda novas carrinhas de nove lugares que irão substituir aquelas que já existem no Rabaçal.

A Câmara Municipal da Calheta dá, assim, por cumprido aquilo que estava orçamentado para este ano e que, aliás, também constava no programa eleitoral.