Benfica é ‘testado’ pelo rival Sporting, com FC Porto a querer aproveitar

15 Jan 2020 / 12:29 H.

O dérbi entre Sporting e o líder Benfica é o ‘cartaz’ no fecho da primeira volta da Liga de futebol, com o FC Porto a tentar tirar dividendos desse jogo se antes vencer o Sporting de Braga.

Os dois clubes com mais títulos no futebol português estão no final da primeira volta praticamente ‘isolados’ na candidatura ao título, separados por quatro pontos, mas com uma distância significativa para o Sporting, quarto, a 16 pontos das ‘águias’, e 12 dos ‘dragões’.

A jornada inicia-se na sexta-feira com a recepção do FC Porto ao Sporting de Braga (19 horas), quinto classificado e que esta época teve pior início na Liga, que o obrigou a trocar de treinador há duas jornadas, com a saída de Sá Pinto e a entrada de Rúben Amorim.

O jogo no Dragão precede o dérbi em Alvalade (21h15), em que a rivalidade com mais de um século de existência se sobrepõe as diferenças na classificação, tornando os jogos entre Sporting e Benfica um duelo de ‘velhos rivais’.

Em Alvalade, os ‘leões’ não poderão contar com Coates, castigado, e Vietto está em dúvida, e o embate será um duro teste à liderança do campeão, com o FC Porto, se fizer melhor, a poder capitalizar um resultado menos bom das ‘águias’.

No estádio do Dragão, duas horas antes, a equipa de Sérgio Conceição recebe um adversário que tem ultrapassado, com maior ou menor dificuldade, nos quatro últimos confrontos em casa.

O Sporting de Braga chega a esta fase da primeira volta já depois de ter trocado de treinador, com Rúben Amorim a ser promovido da equipa B, depois de Sá Pinto ter no campeonato ficado aquém do que Abel Ferreira alcançou em outras épocas.

A 17.ª e última jornada da primeira volta prepara-se para encerrar com o surpreendente Famalicão no terceiro lugar, com a equipa promovida da II Liga, que recebe no domingo o Marítimo, a ter mais um ponto do que o Sporting (4.º).

Em outros jogos, no sábado, o Belenenses SAD estreia Petit no banco, o terceiro treinador da época, depois das saídas de Silas, à quarta jornada, e de Pedro Ribeiro, à 16.ª, num momento em que o clube é 16.º, um ponto acima da zona de descida.

Os ‘azuis’ recebem no sábado, a partir das 20h30, o Vitória de Setúbal, que na última jornada foi a jogo com o Sporting no Bonfim (e perdeu por 3-1), clube a quem tinha pedido o adiamento do encontro, devido a uma virose que afectou grande parte do plantel.

O fecho da primeira volta oferece ainda no sábado o jogo de ‘aflitos’, entre os últimos classificados, com o Desportivo das Aves (18.º) a receber o Portimonense (17.º), com os avenses a virem de três derrotas consecutivas e os algarvios com uma derrota e três empates seguidos.