Carros vandalizados no Campus da Penteada

Mais de uma dezena já foram alvo. Primeiro foram riscos, agora são vidros partidos

18 Abr 2017 / 14:09 H.

Mais de uma dezena de viaturas já foram vandalizadas no estacionamento do Campus da Penteada, onde está a Universidade da Madeira (UMa) e o Madeira Tecnopólo. Depois dos riscos profundos nas viaturas que começaram há cerca de 15 dias, hoje começaram os vidros partidos, com uma viatura a ficar sem o vidro traseiro, para desgosto da proprietária. Tudo aconteceu entre as 11 horas e as 11h30.

Para já não há suspeitos. O autor ou autores dos crimes não parecem ser criteriosos. Tanto atingem carros de professores, como de funcionários e de alunos. Já foram vandalizados carros bem estacionados e estacionados em cima de passeios, pelo que as pessoas não compreendem o que move o ou os autores. O único elo em comum é o facto de se encontram na zona de baixo, onde está o refeitório.

Segundo apuramos, num único dia cinco carros foram riscados com um objecto cortante afiado, deixando uma marca profunda à volta das viaturas, tudo em plena luz do dia e num local onde regulamente passam pessoas. Há também relatos de peças roubadas de carros de alunos que se encontram em aulas em período pós-laboral.

Estas são as queixas conhecidas, é possível que haja mais situações que entretanto não foram tornadas públicas, diz um porta-voz da Associação Académica da UMa, procurada por alguns alunos.

As queixas soma-se e o descontentamento também, assim como sentimento de impotência e frustração. Uma das viaturas que foram alvo da ‘brincadeira’ estava junto à porta onde existe uma câmara de segurança, mas encontrava-se fora do alcance desta, pelo que também não serve de ajuda neste caso.

Tópicos