Madeira

Albuquerque entrega certificados a 193 participantes no programa '[email protected]'

O programa '[email protected]' é uma nova iniciativa da Secretaria Regional de Educação

None
Foto Shutterstock

O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, estará amanhã, dia 21 de Dezembro de 2021, pelas 16 horas, presente no Colégio dos Jesuítas, onde decorrerá, na Sala dos Arcos, a cerimónia de entrega de certificados do programa '[email protected]'.

A nova iniciativa da Secretaria Regional de Educação, Ciência e Tecnologia, gerida pela Direcção Regional de Juventude destina-se aos jovens com curso superior (que tenham concluído o ensino universitário em Portugal ou no estrangeiro, que confira o grau de licenciatura, mestrado ou doutoramento), até aos 30 anos.

À primeira edição, que se realizou entre Setembro e Novembro deste ano, candidataram-se 216 pessoas, tendo participado 193, oriundos de 10 concelhos da Madeira (a excepção foi São Vicente).

Os candidatos têm direito a um bolsa mensal de 500 euros, suportada pelo Governo Regional, a um seguro de acidentes pessoais e a um certificado de participação.

A iniciativa, com duração de três meses, contou com a colaboração de 103 entidades enquadradoras.

"Este novo programa surge como resposta às necessidades dos jovens licenciados, em termos de oportunidades efectivas de participação em contexto profissional, dotando-os de conhecimentos, competências e de um currículo mais consentâneo com as exigências do mercado de trabalho. Procura igualmente estimular a dialética do tecido empresarial, na medida em que as entidades que acolhem os estagiários, não têm qualquer encargo", destaca a tutela em nota de imprensa.

O programa '[email protected]' tem como objectivos "estimular a capacidade empreendedora dos jovens, na construção de um percurso profissional contínuo e dinâmico e possibilitar um processo formativo numa perspetiva profissionalizante, em contexto real, para jovens com a sua formação académica finalizada ou em fase de conclusão. A iniciativa visa ainda intensificar a aquisição de aptidões transversais dos jovens em termos pessoais e socioprofissionais, numa lógica de emancipação e ingresso no mercado de trabalho, bem como potenciar o reforço de sinergias de cooperação entre entidades do sector público e privado, na criação de mecanismos de formação e emprego, no setor da juventude", acrescenta a mesma nota.