Oposição na Venezuela convoca novos protestos contra Presidente Maduro

21 Abr 2017 / 08:20 H.

A aliança opositora da Venezuela Mesa de Unidade Democrática (MUD) convocou novas manifestações contra o regime do Presidente Nicolás Maduro, no âmbito dos protestos que há 20 dias ocorrem no país.

A convocatória foi feita pelo vice-presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, o deputado Freddy Guevara, contra o que dizem ser uma rutura constitucional, para pedir o fim da “ditadura” e da repressão, e a realização de eleições livres.

Nesse sentido, a MUD apelou aos venezuelanos para organizarem hoje ações pacíficas de protesto, de luta não violenta nas comunidades onde vivem.

Por outro lado, convidou a oposição a marchar em silêncio e vestida de branco, em todos os estados do país, no sábado, até à sede da Conferência Episcopal Venezuelana, em Montalbán (oeste de Caracas), pela “honra dos assassinados”.

“Que na segunda-feira (24 de abril) todas as artérias principais do país amanheçam com um plantão. Na segunda-feira, toda a Venezuela parará, em todas as ruas do país, em resistência à ditadura”, anunciou Freddy Guevara.

Durante o anúncio dos novos protestos a oposição apelou mais uma vez às Forças Armadas para decidirem “se se põem ao lado da agenda do Presidente ou se defendem a Constituição”.

Tópicos