Atentado suicida faz pelo menos cinco mortos no nordeste da Nigéria

30 Out 2017 / 11:55 H.

Pelo menos cinco pessoas morreram num ataque suicida no nordeste da Nigéria disse hoje à France Presse um membro das milícias pró governamentais que combatem os extremistas do grupo Boko Haram.

A explosão atingiu uma mesquita de uma povoação a cerca de 15 quilómetros a norte de Maiduguri, capital do Estado de Borno, explicou Ajiri Yala, chefe da milícia Civilian Joint Task Force (CJTF).

“Um ‘kamikaze’ disfarçado de crente entrou na mesquita na altura da oração da manhã”, disse a mesma fonte à AFP.

“O homem fez explodir o cinto armadilhado provocando cinco mortos e ferimentos a várias pessoas”, acrescentou.

A fação do grupo radical islâmico Boko Haram, dirigida por Abubakar Shekau não costuma reivindicar os ataques, mas o procedimento que foi utilizado corresponde ao tipo de ataque que costuma organizar.

No domingo, um membro das milícias que combatem ao lado das forças do governo foi morto na sequência de um outro ataque suicida em Maiduguri e na semana passada um triplo atentado suicida fez 14 mortos junto à porta do campo de deslocados de Muna.

As Nações Unidas, que coordenam as atividades humanitárias na região, já demonstraram preocupação pelos “ataques constantes” nos campos de deslocados.

Cerca de um milhão de pessoas encontram-se concentradas no campo de deslocados de Maiduguri.

Outras Notícias