Governo ‘abriga’ mais seis famílias vítimas dos incêndios

17 Fev 2017 / 17:27 H.

A secretária regional da Inclusão e Assuntos Sociais visitou esta tarde as obras de requalificação de um prédio urbano, situado na Boa Nova, que irá realojar seis famílias vítimas dos incêndios que assolaram a Madeira em Agosto do ano passado.

Aqui, serão construídos quatro t1 e dois t0, uma obra avaliada em 197 mil euros que deverá estar concluída no próximo mês de Junho.

Segundo Rubina Leal, esta empreitada não teve ainda qualquer comparticipação do Estado, assim como todos os outros realojamentos que têm sido feitos até ao momento.

A governante recordou que 114 destas famílias foram já realojadas, faltando ainda dez por realojar, uma prova de que “os objectivos estão a ser atingidos”.

“Nós estamos a requalificar os espaços que estavam devolutos que são património do Governo Regional, de forma a apoiar estas famílias e sobretudo cumprir com aquilo que nos tínhamos comprometido que era encontrar uma realojamento definitivo para as mesmas, mesmo sem qualquer apoio nacional “, sublinhou a secretária.

Quanto aos inquilinos, garantiu que aquando realojados irão pagar uma renda consoante os seus rendimentos. Referiu que nos realojamentos realizados até ao momento as pessoas não tiveram qualquer custo com o arrendamento nos primeiros sessenta dias, e que após esse período pagaram um valor em função dos seus rendimentos, pagando durante um ano a renda mínima.

Rubina Leal disse ainda que o Governo tem outras aquisições em curso, prevendo que até Junho todas estas famílias estejam já realojadas.

Outras Notícias