Mãe que abandonou recém-nascido em caixote do lixo agiu sozinha e vivia na rua

Lisboa /
08 Nov 2019 / 12:35 H.

A mãe que abandonou o recém-nascido na terça-feira num caixote do lixo em Lisboa agiu sozinha e nunca revelou a gravidez a ninguém, vivendo numa situação “muito precária na via pública”, anunciou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

Em conferência de imprensa, realizada na sede da PJ, Paulo Rebelo, chefe da Directoria de Lisboa e Vale do Tejo, explicou que a mulher, de 22 anos, não resistiu à detenção, efectuada na madrugada de hoje, na cidade de Lisboa.

O responsável acrescentou que a mulher estava consciente, sem perturbações mentais, não apresentando sinais de consumo de drogas.