Aumento do custo de vida dos portugueses é destaque na imprensa nacional

Lisboa /
10 Dez 2019 / 08:39 H.

Turismo faz subir custo de vida dos portugueses. A notícias é hoje manchete no Jornal de Notícias que refere que o país tem preços abaixo da média europeia, mas há bens e serviços a encarecer devido à procura crescente dos estrangeiros.

No Público, a principal notícia vai para a taxa de sucesso no ensino profissional que nunca foi tão alta como agora. 63% dos estudantes concluem o curso nos três anos previstos, mais dez pontos percentuais do que há quatro anos. O abandono escolar, num universo de 19.500 alunos também foi reduzido.

O Jornal I destaca o Serviço Nacional de Saúde. Hospitais gastam cada vez mais com trabalho extraordinário e médicos à hora. Até Setembro, Estado gastou quase 300 milhões de euros em horas extra e suplementos.

O mesmo matutino relembra que Rosalina Ribeiro foi morta há 10 anos. Duarte Lima não queria ser julgado em Portugal, mas não teve alternativa. Antigo deputado do PSD está a cumprir pena de prisão na Carregueira, no âmbito do BPN/Homeland.

Já o Diário de Notícias mais formação para condutores idosos. A medida é defendida pelos concessionários de autoestradas e deve-se aos casos de contramão verificados no país, sendo, a sua maioria, protagonizados por automobilistas idosos. O tema é sensível e as soluções radicais não são consensuais.

No Correio da Manhã, o destaque vai para os professores com saída acelerada através da pré-reforma. Governo defende critérios e objectivos para facilitar acordos com docentes.

Este jornal adianta ainda que Rodrigo, o bebé que nasceu sem metade do cérebro, não pode fazer cirurgia. O bebé de dois meses continua com os pais.

Os Globos de ouro são também destaque na imprensa nacional de hoje. A Netflix vai à frente nas nomeações e o Irlandês, com Robert De Niro, é um dos filmes mais nomeados.