Morreu Larry Tesler, o inventor do ‘cortar, copiar, colar’

EUA /
20 Fev 2020 / 10:39 H.

Trabalhar num computador não seria o mesmo em este homem. Larry Tesler, o inventor dos atalhos cortar, copiar e colar, faleceu, esta quarta-feira (19 de Fevereiro), aos 74 anos.

Mesmo que não tenha inventado a ideia de mover texto digital, Tesler - figura central da Apple durante os anos 1990 - foi responsável pela criação do método e convenção de nomes que continua a ser usada ainda hoje.

Graduado pela Universidade de Stanford, Larry especializou-se na interacção entre computadores e pessoas. Começou a carreira nos anos 1960 como programador e foi só quando se juntou à Xerox em 1973 que, juntamente com Tim Mott, criou os comandos em questão.

Tesler ingressou na Apple em 1980 (depois de o co-fundador da empresa, Steve Jobs, o ir buscar à Xerox), onde popularizou os comandos de copiar e colar.

Na Apple, trabalhou durante 17 anos e tornou-se o cientista-chefe da empresa, tendo participado em projectos como o Macintosh, Quicktime e AppleScript.

Em 1997 abandonou a Apple, fundando a empresa educacional Stagecast Software e trabalhando como consultor em gigantes tecnológicas como a Amazon e a Yahoo a partir de 2009.