Militares da GNR destacados na Grécia resgatam 19 pessoas na ilha de Chios

19 Set 2019 / 08:57 H.

Os militares da Unidade de Controlo Costeiro da GNR destacados na ilha de Chios, na Grécia, resgataram 19 pessoas perto de Empórios, numa ação de vigilância junto à costa, revelou a corporação.

Em comunicado, a GNR explicam que, no decorrer da ação de vigilância, os militares destacados no âmbito da missão da Agência Europeia da Guarda de Fronteiras e Costeira (FRONTEX) detetaram uma embarcação de borracha com cerca de quatro metros e com excesso de lotação.

“Os militares da GNR que efetuavam o patrulhamento marítimo naquela área intercetaram a embarcação, realizando o resgate de 19 pessoas, das quais quatro crianças, com idades compreendidas entre os cinco e os oito anos, uma mulher, e 14 homens, com idades compreendidas entre 18 e os 60 anos”, explica a GNR.

Uma das crianças, de cinco anos, estava ferida num pé e foi assistida no local pelos militares.

“Durante o resgate, os migrantes foram colocados na embarcação portuguesa e transportados em segurança para o Porto de Chios”, acrescenta.

Nesta missão da FRONTEX, a GNR desenvolve ações nas fronteiras terrestres e marítimas com a finalidade de prevenir, detetar e reprimir ilícitos relacionados com a imigração ilegal, tráfico de seres humanos e outros crimes transfronteiriços.

Só este ano, a GNR efetuou cerca 790 patrulhas, percorreu cerca de 66 mil quilómetros e 5.000 milhas náuticas, tendo detetado 218 embarcações e auxiliado 2.107 pessoas.