Homem armado abatido após atacar centro de detenção de imigrantes nos EUA

14 Jul 2019 / 12:03 H.

Um homem armado que atacou um centro de detenção para imigrantes em Tacoma, no noroeste dos Estados Unidos, foi abatido depois de um confronto com a polícia, anunciaram hoje as autoridades.

A polícia interveio na manhã de hoje no Northwest Detention Center, depois de relatos de que um homem armado com uma espingarda havia incendiado um carro e estava a tentar incendiar um recipiente com propano, de acordo com a polícia local.

O homem, identificado como Willem Van Spronsen, de 69 anos, morreu dos ferimentos provocados por tiros, após a intervenção da polícia.

Van Spronsen carregava, além da sua espingarda, foguetes e uma mochila, de acordo com o comunicado.

Nenhum dos quatro polícias envolvidos no confronto ficou ferido.

O homem abatido já havia sido condenado por agredir um polícia durante uma altercação numa manifestação em frente ao centro no ano passado, de acordo com informações da imprensa local.

A imigração é objeto de intenso debate político nos Estados Unidos, confrontado há mais de um ano por uma crise migratória na sua fronteira com o México.

Na sexta-feira e no sábado foram organizados dezenas de eventos em todo o país para exigir o encerramento de todos os centros de detenção na fronteira e das operações policiais anunciadas para hoje pelo Presidente Donald Trump.

A empresa GEO Group, que administra centro de Tacoma, agradeceu à polícia pela sua intervenção e afirmou, num comunicado, que a publicação recente com informações de centros sobrelotados e detenção de menores não acompanhados causam “um ambiente perigoso” para os seus funcionários.