Governo e oposição da Venezuela retomam conservações em Barbados

15 Jul 2019 / 19:28 H.

O Governo da Venezuela e a oposição retomaram hoje conversações destinadas a terminar com a crise política no país sul-americano.

O ministro da Informação venezuelano, Jorge Rodrigues disse no Twitter que chegou hoje com a restante delegação governamental à nação caribenha de Barbados, onde na semana passada já decorreram diversos dias de conversações.

Rodriguez é designadamente acompanhado pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Jorge Arreaza, e pelo governador do estado de Miranda, Hector Rodriguez.

O chefe negociador da oposição, Stalin González, tinha previamente confirmado que a sua delegação se encontrava de regresso a Barbados para as conversações mediadas pela Noruega.

A oposição, apoiada pelos Estados Unidos, pretende o afastamento do Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, que recusa abandonar o cargo.

A Venezuela atravessa um período de grande tensão política desde janeiro, quando Maduro jurou um segundo mandato de seis anos, não reconhecido pela oposição e por cerca de 50 países pelo facto de os principais líderes opositores terem sido impedidos de participar nas eleições presidenciais.

Em resposta, o líder do parlamento, Juan Guaidó, auto-proclamou-se presidente interino, alegando diversos artigos da Constituição venezuelana.

Tópicos

Outras Notícias