Frases de Jair Bolsonaro que completa o primeiro ano de mandato

Brasil /
29 Dez 2019 / 10:41 H.

Conheça a selecção de frases proferidas por Jair Bolsonaro no primeiro ano de mandato como Presidente do Brasil:

“Precisamos de criar um ciclo virtuoso para a economia, que traga a confiança necessária para permitir abrir o nosso mercado ao comércio internacional, estimulando a competição, a produtividade e a eficácia sem o viés ideológico.”

No discurso de tomada de posse como Presidente do Brasil

01-01-2019

“Coloco-me diante de toda a nação neste dia como o dia em que o povo se começou a libertar do socialismo, a libertar-se da inversão de valores, do gigantismo estatal e do politicamente correto.”

No discurso de tomada de posse como Presidente do Brasil

01-01-2019

“Esta é a nossa bandeira, jamais será vermelha, e daremos o nosso sangue para mantê-la verde e amarela.”

No discurso de tomada de posse como Presidente do Brasil

01-01-2019

“As Forças Armadas são o verdadeiro obstáculo para aqueles que querem usurpar o poder. Sofreram desgaste perante a classe política, mas não perante o povo, que continua a acreditar em nós.”

02-01-2019

“Que país do mundo tem [Justiça do Trabalho, onde são julgados os conflitos laborais]? Já temos Justiça comum, se [um trabalhador] vai à Justiça e perde, ele tem de pagar. (...) Não faz sentido ter direitos se não houver trabalho.”

Rede de televisão SBT, 03-01-2019

“Sem garantias necessárias para os agentes de segurança pública agirem em prol do cidadão de bem, a diminuição dos crimes não vai ocorrer na velocidade que o brasileiro exige. Os poderes legislativo, executivo e judiciário têm que assumir este compromisso urgentemente.”

Twitter, 04-01-2019

“Seria muito boa essa fusão [da Embraer com a Boeing], mas nós não podemos [aceitar o acordo], como está na última proposta, não é? Daqui a cinco anos, tudo pode ser repassado para o outro lado. A preocupação é essa, é um património nosso.”

04-01-2019

“O Brasil é soberano para decidir se aceita ou não migrantes. Quem porventura vier para cá deverá estar sujeito às nossas leis, regras e costumes, bem como deverão cantar nosso hino e respeitar nossa cultura. Não é qualquer um que entra em nossa casa, nem será qualquer um que entrará no Brasil via pacto adotado por terceiros.”

09-01-2019

“Observa-se a necessidade mais que urgente de mudar a legislação com a participação de todas as esferas de poderes e imprensa. Não porque um marginal faz ameaças citando o meu nome, mas para mostrar ao povo ordenado de que lado estão os poderes Executivo, Legislativo e Judicial.”

Twitter, 11-01-2019

“Estamos preocupados em fazer uma América do Sul grande. Não queremos uma América bolivariana.”

22-01-2019

“O Brasil reconhece o senhor Juan Guaidó como Presidente Encarregado [interino] da Venezuela. (...) O Brasil apoiará, política e economicamente, o processo de transição para que a democracia e a paz social volte à Venezuela.”

Twitter, 23-01-2019

“Há algo de muito errado a acontecer: as prioridades a serem ensinadas e os recursos aplicados. Para investigar isso, o Ministério da Educação junto com o Ministério da Justiça, Polícia Federal, Advocacia e Controladoria Geral da União, criaram a Lava-Jato da Educação.”

04-03-2019, Twitter

“Pela primeira vez em muito tempo, um Presidente brasileiro que não é anti-americano chega a Washington. É o começo de uma parceria pela liberdade e prosperidade, como os brasileiros sempre desejaram.”

Em visita aos Estados Unidos

Twitter, 17-03-2019

“Nas últimas décadas, era tradição no Brasil, e peço desculpa pela sinceridade, (...) eleger presidentes que andassem de mãos dadas com a corrupção e inimigos dos Estados Unidos. Hoje, o Brasil tem um Presidente que é amigo dos EUA, que admira esse país maravilhoso e quer aprofundar laços de amizade, assim como variadas negociações.”

19-03-2019

“Nós vemos com bons olhos a construção do muro (...) A maioria dos imigrantes não tem boas intenções nem quer fazer o bem para os [norte] americanos.”

19-03-2019

“O Brasil estará a postos para cumprir a missão de levar a liberdade e a democracia para aquele país que há pouco [tempo] era um dos mais ricos da América do Sul e hoje o seu povo passa fome, sofre com a violência e com falta de medicamentos. É uma coisa terrível que acontece lá. Temos que unir esforços para colocar um ponto final nesta questão que é ultrajante para todos.”

20-03-2019

“Quem está contra a reforma do sistema de pagamento de pensões é o Partido dos Trabalhadores (PT), o Partido Comunista do Brasil (PCdoB), o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL). Essas pessoas parece que não têm compromisso com o futuro do Brasil. Eu gostaria que todas as pessoas se aposentassem [de preferência] o homem com 25 anos e a mulher com 20.”

Facebook, 28-03-2019

“Felicito Netanyahu pela sua grande vitória e recondução no mandato. Bibi [Benjamin Netanyahu] é um grande líder e continuaremos a trabalhar juntos para a prosperidade e paz dos nossos povos, baseados nos nossos valores e convicções profundas.”

11-04-2019

“Em nome dos brasileiros, manifesto profundo pesar pelo terrível incêndio que assola um dos maiores símbolos da cultura e da espiritualidade cristã e ocidental, a catedral de Notre-Dame, em Paris. Neste momento sombrio, as nossas orações estão com o povo francês.”

Twitter, 15-04-2019

“Já passei noites sem dormir, já chorei para caramba também. Angústia, né? (...) Imaginava que ia ser difícil, mas não tão difícil assim. Essa cadeira aqui é como se fosse kryptonite para o Super-Homem. Mas é uma missão.”

Revista Veja, 31-05-2019

“Maduro não é quem manda. Maduro é hoje uma marioneta na Venezuela (...). Tem que haver uma brecha na liderança do exército venezuelano. Enquanto isso não acontece, o assunto não acabou.”

01-06-2019

“O que ele [Sérgio Moro] fez não tem preço. Ele realmente colocou para fora, mostrou as vísceras do poder, a promiscuidade do poder no tocante à corrupção.”

13-06-2019

“Por vezes, temos tomado decisões que não agradam a todos, como a possibilidade de indicar para a embaixada um filho meu, tão criticada pelos media. Se está sendo tão criticado, é sinal de que é a pessoa adequada.”

15-07-2019

“Pretendo beneficiar um filho meu, sim. Pretendo, está certo. Se puder dar um ‘filet mignon’ ao meu filho, eu dou. Mas não tem nada a ver com ‘filet mignon’ essa história aí. É aprofundar um relacionamento com um país que é a maior potência económica e militar do mundo.”

18-07-2019

“Falar que se passa fome no Brasil é uma grande mentira. (...) Você não vê gente, mesmo pobre, pelas ruas com físico esquelético como a gente vê em alguns outros países pelo mundo.”

Durante um encontro com a imprensa estrangeira

19-07-2019

“Malandro para evitar um problema desse tipo [deportação] casa-se com outro malandro ou adota uma criança no Brasil. Ele [Greenwald] não vai ser, pode estar tranquilo. Talvez seja preso aqui, mas não lá fora.”

Referindo-se ao jornalista norte-americano Glenn Greenwald, coautor de reportagens que colocaram em causa a imparcialidade da Operação Lava Jato, mas admitiu que possa ser preso no Brasil

Agência Efe, 27-07-2019

“Nós temos de dar uma retaguarda jurídica às pessoas que fazem a segurança, [como agentes da] polícia civil, militar, federal, rodoviária. Numa operação, [o polícia] tem de usar aquela máquina [arma de fogo] que tem na cintura, ir para casa e no dia seguinte ser condecorado, não processado. (...) Os caras vão morrer na rua igual barata.”

05-08-2019

“Se essa ‘esquerdalha’ voltar aqui na Argentina, nós poderemos ter, sim, no Rio Grande do Sul, um novo estado de Roraima. E não queremos isso: irmão argentinos fugindo para cá, tendo em vista o que de ruim parece que deve se concretizar por lá caso essas eleições realizadas ontem se confirmem agora no mês de outubro.”

Referindo-se ao resultado das primárias argentinas vencidas por Alberto Fernández

12-08-2019

“Olhem para o que se está a passar na Argentina agora, está-se a criar o caos, o país começa a seguir o rumo da Venezuela porque nas primárias os bandidos de esquerda começaram a voltar ao poder.”

14-08-2019

“O Exército vai entrar em meio expediente [jornada de trabalho mais curta], porque não tem comida para dar ao recruta, que é filho de pobre. A situação que nós encontramos é grave. Não há maldade da minha parte. Não há dinheiro, só isso, mais nada.”

16-08-2019

“Então, pode estar havendo, sim, pode, não estou afirmando, ação criminosa [nos incêndios na Amazónia] desses ‘ongueiros’ [pessoas que trabalham em ONG] para chamar a atenção contra a minha pessoa, contra o Governo do Brasil. Essa é a guerra que nós enfrentamos.”

21-08-2019

“Lamento a posição de um chefe de Estado, como o da França, de se dirigir ao PR [Presidente da República] brasileiro como mentiroso. Não somos nós que divulgamos fotos do século passado para potencializar o ódio contra o Brasil por mera vaidade. O nosso país, verde e amarelo, mora no coração de todo o mundo.”

Twitter, 23-08-2019

“Incêndios florestais existem em todo mundo e isto não pode servir de pretexto para sanções internacionais. O Brasil continuará sendo, como foi até hoje, um país amigo de todos e responsável pela proteção da sua floresta amazónica.”

24-08-2019

“Para conversar, ou aceitar qualquer coisa da França, [mesmo] que tenha as melhores intenções do mundo, ele [Emannuel Macron] vai ter que retirar estas palavras e, daí, a gente pode conversar (...) Primeiro ele retira, depois ele oferece, daí eu respondo.”

27-08-2019

“Com bastante conhecimento, com patriotismo, [vou] falar [na ONU] sobre essa área ignorada por tantos Governos que me antecederam. Ela [Amazónia] foi praticamente vendida para o mundo. Eu não vou aceitar esmola de país nenhum do mundo a pretexto de preservar a Amazónia.”

02-09-2019

“Ela [Alta-Comissária da Organização das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet] nos acusa de não estarmos punindo os [agentes da] polícia que matam pessoas no Brasil, mas ela está defendendo os direitos humanos dos vagabundos [criminosos].”

04-09-2019

“É falácia dizer que a Amazónia é património da humanidade e o pulmão do mundo.”

24-09-2019

“Estou num país capitalista.”

À chegada à China, perante a insistência dos jornalistas sobre se seria problemático encontrar-se com os dirigentes comunistas chineses

24-10-2019

“O Brasil está mudando: estamos fazendo aquilo que se chama dever de casa, na busca do equilíbrio das contas, reformas estruturantes, como da previdência, de modo a que possamos de facto restabelecer a confiança do mundo no nosso país.”

25-10-2019

“Não tenho bola de cristal, mas acho que os argentinos escolheram mal. O primeiro ato do Fernández foi ‘Lula Livre’, dizendo que ele está preso injustamente. Já disse a que veio, sem contar que tem gente da esquerda lá.”

28-10-2019

“Determinei que todo o Governo federal rescinda e cancele a assinatura da Folha S. Paulo. A ordem que eu dei [é de que] nenhum órgão do meu Governo vai receber o jornal aqui em Brasília. Está determinado.”

31-10-2019

“O que chegou às praias é uma pequena parte do que foi derramado. O pior está por vir, uma catástrofe muito maior que, ao que tudo parece, foi criminosa.”

Sobre o derrame de petróleo que contaminou mais de 300 praias do nordeste do país

Record TV, 03-11-2019

“Não dê munição ao canalha [Lula da Silva], que momentaneamente está livre, mas carregado de culpa. Não podemos cometer erros. Sem um norte e um comando, mesmo a melhor tropa se torna num bando que atira para todos os lados, inclusive nos amigos.”

Twitter, 09-11-2019

“A palavra golpe é usada muito quando a esquerda perde. Quando eles ganham, é legítimo. Quando eles perdem, é golpe.”

Sobre a demissão do Presidente da Bolívia, Evo Morales

11-11-2019

“Hoje, nós temos o estado Amazonas tomado, na maior parte, por reservas indígenas, áreas de proteção ambiental, estações ecológicas, parques nacionais, entre outras políticas ambientais que, em parte, prejudicaram o crescimento do nosso Brasil.”

Portal de notícias G1, 27-11-2019

“A Greta [Thunberg] já disse que os índios morreram porque estavam a defender a Amazónia. É impressionante a imprensa dar espaço para uma pirralha dessa aí. Pirralha.”

10-12-2019

“Se aparecer [corrupção], coloco o ministro no pau de arara [instrumento de tortura]. Se ele tiver responsabilidade, obviamente. Porque, às vezes, lá na ponta da linha, está um assessor a fazer asneiras sem a gente saber. Não é isso? É obrigação nossa, é dever.”

12-12-2019