Bolsas europeias em baixa preocupadas com consequências da guerra comercial entre Washington e Pequim

02 Out 2019 / 09:24 H.

As principais bolsas europeias estavam hoje em baixa, preocupadas com as consequências que a guerra comercial entre Washington e Pequim está a provocar na economia global.

Cerca das 09 horas em Lisboa, o EuroStoxx 600 descia 0,88% para 384,58 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt recuavam 1,13%, 1,15% e 0,98%, bem como as de Madrid e Milão, que desciam 0,90% e 0,80%, respetivamente.

Depois de ter aberto em baixa, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 09 horas, o principal índice, o PSI20, desvalorizava-se 0,61% para 4.918,86 pontos.

As bolsas europeias estavam hoje a ser contagiadas por Wall Street, que na terça feira terminou em baixa depois de se ter sabido que a actividade da indústria transformadora nos Estados Unidos caiu em setembro para um mínimo dos últimos 10 anos devido à guerra comercial entre os Estados Unidos e a China.

Na terça-feira, o Dow Jones desceu 1,28% para 26.573,04 pontos, contra o actual máximo desde que foi criado em 1896, de 27.359,16 pontos, registado em 15 de Julho.

No mesmo sentido, o Nasdaq fechou a recuar 1,13% para 7.908,68 pontos, contra o actual máximo, de 8.330,21 pontos, registado em 26 de Julho.

A nível cambial, o euro abriu hoje em baixa no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,0922 dólares, contra 1,0938 dólares na terça-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em dezembro abriu hoje em alta, a cotar-se a 59,05 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 58,89 dólares na terça-feira.

Outras Notícias