Termina operação de transferência de feridos alemães para o aeroporto

20 Abr 2019 / 11:20 H.

A operação de transferência dos 12 feridos alemães internados no Hospital do Funchal para o aeroporto da Madeira rumo à Alemanha terminou às 10:45, tendo durado 02:03 horas.

No Aeroporto, será feita uma conferência de imprensa de balanço da operação pelo secretário regional da Saúde, Pedro Ramos.

Os feridos partirão, agora, num avião hospital da Força Aérea alemão com destino à Alemanha, viagem que deverá levar cerca de três horas até ao destino.

De acordo com o SESARAM, das vítimas de nacionalidade Alemã, por motivos clínicos, uma mantém-se hospitalizada no Hospital Dr. Nélio Mendonça, nos Cuidados Intensivos.

Recorde-se que no início do dia de ontem, 19 de Abril, aconteceu a primeira transferência que foi efetuada num avião hospital.

A responsabilidade desta transferência entre o Hospital e o Aeroporto da Madeira foi do Serviço de Saúde da RAM em articulação com o Serviço Regional de Protecção Civil, responsáveis pela disponibilização dos meios técnicos e humanos.

“Toda esta situação foi devidamente articulada pela nossa equipa clínica, conselho de administração, com a equipa médica alemã”, refere o SESARAM em comunicado.

As vítimas de nacionalidade portuguesa mantêm-se internadas e estão estáveis.

O SESARAM reitera um “especial agradecimento a todos os profissionais envolvidos neste incidente, sem excepção, nomeadamente profissionais de saúde, médicos e enfermeiros, psicólogos, psiquiatras, agentes de protecção civil, agentes de segurança, bombeiros, tradutores, guias, agentes, entre tantos outros, que de uma forma voluntária prestaram apoio às vítimas deste trágico acidente”, refere a mesma nota, agradecendo ainda todas as mensagens de apoio e de solidariedade que tem recebido nos últimos dias por parte dos cidadãos madeirenses, entidades regionais, nacionais e internacionais, nomeadamente todo o apoio recebido por parte do Governo Alemão.

Esta manhã, a primeira ambulância da operação partiu às 08:42 horas do Hospital rumo ao Aeroporto da Madeira - Cristiano Ronaldo num percurso de cerca de 20 minutos.

Na quarta-feira, um acidente com um autocarro de turistas alemães no Caniço, em Santa Cruz, na ilha da Madeira, provocou 29 mortos e 27 feridos, dois dos quais portugueses (o motorista e a guia turística).

Outras Notícias