Site do Turismo do Município de Santa Cruz reforça potencialidades

Filipe Sousa criticou “omissão” da gestão PSD e enviou recado aos críticos da eco-taxa turística

13 Jan 2020 / 20:38 H.

Foi apresentado ao final da tarde de hoje o site do Turismo do Município de Santa Cruz. Uma plataforma que reúne informação sobre o concelho, nomeadamente nas áreas turísticas, cultural, patrimonial, que se encontrava dispersa em muitas fontes e suportes

No site pode ser encontrada informação sobre património local, pontos turísticos de interesse, agenda cultural e principais eventos, restaurantes e empreendimentos turísticos.

Tomásia Castro, responsável pelo Gabinete do Turismo da CMSC, explica que em causa está uma estratégia da cultura e turismo concelhios para a divulgação de informação de interesse para locais e visitantes. A opção por um site fora da plataforma oficial do Município prende-se com as características de pesquisa que as pessoas optam para consultar informações do género das que são agora disponibilizadas.

Tomásia Castro adiantou, ainda, que o site é o resultado de dois anos de trabalho, que envolveu todo o processo de tradução para inglês e alemão (a cargo de Leonilde Dias) e recolha de vários registos fotográficos.

A produção do site foi da inteira responsabilidade da autarquia, que também fará toda a gestão e actualização da plataforma, que se pretende dinâmica.

O site terá, ainda, hiperligações a sites como o ‘Madeira quase esquecida’ e à RTP Play para visualização dos minutos 600 sobre Santa Cruz.

Na ocasião, o presidente Filipe Sousa salientou que esta é mais uma etapa do caminho iniciado em 2013, quando foi decidido criar um pelouro para o turismo. Lamentou que até então não tivesse merecido “a devida atenção por parte de quem geriu os destinos deste município. Uma omissão que fez com que aquele sector não fosse devidamente aproveitado em todas as suas potencialidades e sinergias para assim funcionar como motor da sua própria dinâmica e como alavanca de outras actividades paralelas”, criticou.

Aproveitou também para deixar outro recado ao lembrar que “este é um percurso para continuar com a responsabilidade e seriedade que temos implementado à nossa gestão. Mas também com a coragem que toda a gestão da coisa pública acarreta. Lembro que fomos o primeiro concelho a implementar uma eco-taxa turística, uma medida que mereceu a oposição unânime de quase toda a gente, mesmo daqueles que hoje consideram uma taxa do género a nível regional uma necessidade e mesmo algo incontornável”, concretizou.

O endereço eletrónico do site é o www.santacruz-madeira.com