SDM quer cumprir contrato até 2027

Comunicado da concessionária do Centro Internacional de Negócios da Madeira assegura que pretende cumprir o que foi cotntratualizado há dois anos

20 Jun 2019 / 17:06 H.

Um comunicado do Conselho de Administração da Sociedade de Desenvolvimento da Madeira, S.A. (SDM) assegura que pretende cumprir o contrato de concessão do CINM que vigora até 2027, salientando que ainda há dois anos foi assinada uma extensão da mesma.

Refira-se que hoje foi manchete do DIÁRIO que o Governo contratou uma sociedade de advogados para estudar a parceria público-privada de exploração do CINM, no sentido de alterar o actual modelo de concessão.

Ora, no comunicado, a SDM lembra que “outorgou há pouco mais de dois anos um contrato de concessão para administração, exploração e promoção do Centro Internacional de Negócios da Madeira cuja vigência termina apenas em 2027”, começa por referir.

“Desta forma, o Conselho de Administração da SDM, no âmbito do mandato que lhe foi atribuído pelos seus accionistas, pretende continuar a cumprir escrupulosamente o contrato, tal como o tem feito até à presente data”, acrescenta.

E conclui: “E assim contribuir para a consolidação e solidificação do Centro Internacional de Negócios da Madeira e, consequentemente, com muito orgulho, para o desenvolvimento sustentado, inclusivo e inteligente da Região Autónoma da Madeira.”

Outras Notícias