Rui Barreto assume posição em relação à Estrada das Ginjas

22 Ago 2019 / 21:20 H.

O presidente da Comissão Política Regional do CDS, Rui Barreto, através de uma nota por si assinada e enviada à redacção, toma posição quanto às obras na Estrada das Ginjas, anunciadas pelo Governo Regional.

“A Floresta Laurissilva, classificada pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade, é uma das maiores dádivas que os madeirenses receberam da Natureza”, defende Rui Barreto, frisando que “a Madeira, ilha turística conhecida no mundo pela sua paisagem, não pode colocar em causa o seu maior valor para o progresso da actividade turística, muito menos o seu valioso património natural que enche de orgulho todos os madeirenses”.

O responsável diz mesmo que “houve um relatório recente da UNESCO que alertou as autoridades regionais para preocupações, problemas e perda de qualidade na Floresta Laurissilva” e que “vem o presidente do Governo Regional garantir que ‘custe o que custar’, vai avançar com a estrada pela Laurissilva adentro, entre a localidade das Ginjas e a dos Estanquinhos, no Paul da Serra”.

“A senhora secretária regional do Ambiente e Recursos Naturais, que tem feito – e bem – a defesa acérrima do Ambiente, deve vir a público explicar, urgentemente, se concorda com a estrada das Ginjas” e “também o senhor presidente do Governo Regional tem de explicar, urgentemente, o que é que a Região ganha com esta estrada e porque razão se lembrou de a (re)lançar. O que perde a Região, todos os madeirenses sabem!”, concluiu.

Outras Notícias