PS “solidário” com a população do Caniçal por causa dos CTT

13 Jan 2020 / 11:29 H.

“O Grupo Parlamentar do Partido Socialista (PS) Madeira é contra o encerramento dos CTT na freguesia do Caniçal, em Machico, e esperamos mesmo que a decisão seja revertida ou que seja encontrada outra solução em prol do bem-estar da população local”, assume a deputada Marina Barbosa.

A socialista refere que a situação “não é nova”, mas tendo tomado conhecimento de que as unidades comerciais adaptadas a postos improvisados e provisórios dos CTT irão encerrar, o PS-M vem a público contestar esta decisão que “vem prejudicar grande parte da população que se vê assim obrigada a deslocar-se à estação de CTT mais próxima, nomeadamente na freguesia de Machico”.

“É preciso ter em conta aquelas pessoas que não conseguem se deslocar até outro posto, maioritariamente, a população mais idosa e com menos mobilidade”, nota a parlamentar, manifestando a “solidariedade” do grupo socialista para com a população do Caniçal.

“Tudo faremos para que seja encontrada uma solução que tenha em conta os seus interesses e bem-estar”, rematou.