Marcelo visitou feridos e ouviu palavras de “gratidão” pelo atendimento

19 Abr 2019 / 15:25 H.

O presidente da República visitou oito dos 16 feridos que ainda se encontram no Hospital Nélio Mendonça e destacou as palavras de “gratidão” dos alemães.

Marcelo Rebelo de Sousa voltou a destacar a “prontidão” do socorro - a primeira ajuda chegou cinco minutos depois do acidente - e a resposta do hospital.

No final da visita aos feridos, com particular atenção para os dois madeirenses - a “mulher de armas”, como classificou a guia que foi a mais atingida - elogiou o hospital.

“Confirmei, mais uma vez, a qualidade desta instituição”, sublinhou o presidente da República que referiu o facto de muitos profissionais, de folga, terem vindo trabalhar sem ter sido preciso convocá-los.

Sobre as perícias e autópsias que ainda decorrem fez questão de afirmar que estão a decorrer com profissionalismo e eficiência.

Neste momento Marcelo Rebelo de Sousa está no Palácio de São Lourenço de onde seguirá para a Igreja Presbiteriana onde será celebrada uma missa pelas vítimas. Depois participa na missa e procissão na Sé.

Outras Notícias