Iguarias de Natal fazem sucesso no Mercado dos Lavradores, veja o vídeo

A iniciativa ‘Natal na Praça’ é vista como uma iniciativa louvável que ajuda a promover as empresas.

08 Dez 2019 / 16:32 H.

A praça do peixe do Mercado dos Lavradores, no Funchal, é hoje ponto de encontro para comprar e saborear diversas iguarias de Natal. O peixe que normalmente abunda nas bancadas dá lugar a chocolates, broas, bolos, ponchas, licores e um sem número de produtos que compõem a mesa dos madeirenses nesta altura natalícia.

Decorado a rigor para receber turistas e madeirenses a V edição do Natal na Praça oferece de tudo um pouco, com muitos comerciantes a virem de longe, fora do Funchal, para marcar presença numa das tradições que veio para ficar.

A bancada da Lulu Brigadeiro estava recheada de chocolates. Presente neste espaço pelo segundo ano, a responsável faz um balanço positivo e fala em “boa aceitação” por parte dos visitantes que ao longo deste domingo, 8 de Dezembro, vão passando pelo Mercado dos Lavradores.

Mais à frente, encontramos a bancada da ‘Loja do Mercado’, dedicada a produtos e souvenirs madeirenses. Presentes neste espaço pela terceira vez, Josefina e Eduardo falam num projecto “bem concebido”. A procura pelo Bolo de Mel, pelas broas e pelos chocolates, por parte de madeirenses e turistas, tem satisfeito os empreendedores que este ano introduziram a oferta de bordado alusivo ao Natal.

Já Erica Gouveia estava numa bancada com três marcas distintas, de empreendedoras diferentes. Os projectos nasceram no seio da Associação Adoro.ser.mulher e estão expostos como forma de se darem a conhecer. A ‘Delícia do Mel’ oferece produtos feitos com mel de cana, desde o famoso bolo de mel, as broas e os potes de mel. Há depois a ‘NDA Queijadinhas’ com uma vasta gama de iguarias e a ‘Sweet & Salty’ aqui presente com licores e compotas.

As flores também marcam presença neste Natal na Praça feito nos três primeiros domingos de Dezembro. Cecília Rodrigues, florista de profissão, aguentava o posto da bancada do irmão, responsável pela empresa Floriolo. Queixava-se das vendas, comparativamente aos anos anteriores, e culpava a falta de poder de compra dos madeirenses que tem diminuído de ano para ano.

Os poucos que despendiam dinheiro nas plantas optavam pelas Manhãs de Páscoa e pelos Sapatinhos, as flores mais vendidas nesta altura natalícia.

O Natal na Praça organizado pela Câmara Municipal do Funchal decorre até às 21 horas e volta a realizar-se no próximo domingo, 15 de Dezembro.