Grupo Porto Bay doou dois terrenos para a faixa corta-fogo

19 Nov 2019 / 16:42 H.

A faixa corta-fogo está a ganhar cada vez mais forma. Hoje, foram doados mais dois terrenos, desta vez, pelo Grupo Porto Bay.

Susana Prada, secretária regional do Ambiente, Recursos Naturais e Alterações Climáticas, adiantou que 30 por cento dos terrenos já foram alvo de intervenção, sendo que a empreitada do tanque, conduta e bocas de incêndio irá para o terreno no início de 2020 e estará concluída dentro de um ano.

A governante disse que irão haver mais doações, estando em negociação com algumas empresas.

Refira-se que estas aquisições dão continuidade à criação da faixa de gestão, no espaço florestal, a qual apresenta elevadas suscetibilidade e vulnerabilidade à ocorrência de incêndios florestais.

Esta intervenção permitirá a redução da carga combustível e do risco de incêndio, aumentando a segurança da população do Funchal, assim como a criação de uma mancha florestal com espécies mais resistentes a incêndios e a valorização do terreno para o seu proprietário, garantindo o seu aproveitamento económico.