Filipe Rebelo recorda o “longo caminho a ser feito para a inclusão de pessoas com deficiência”

03 Dez 2019 / 11:13 H.

No Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, que hoje se assinala, o presidente da delegação regional da Associação Portuguesa das Pessoas com Necessidades Especiais afirma a importância de relembrar as dificuldades por que passam as pessoas com deficiência e o “longo caminho que deve ser feito para a inclusão, nomeadamente a eliminação de barreiras físicas e a luta para a integração destas pessoas na vida social, laboral e política”.

Filipe Rebelo relembra ainda, através de comunicado, os direitos da pessoa com deficiência, que muitas vezes são esquecidos, como a “responsabilidade na correcta utilização do dístico de estacionamento, o respeito pela questão da prioridade e a apresentação de provas/atestados de incapacidade sempre que necessário, entre outros”, com vista a uma sociedade inclusiva, recordando ainda os “deveres que nos assistem enquanto cidadãos”.

O dia será assinalado pela Associação com actividades na sua sede, nomeadamente jogos tradicionais e jogos adaptados, como é o caso do Boccia, terminando com um lanche convívio com os sócios.

Outras Notícias