Emanuel Câmara participa no congresso do PAICV em Cabo Verde

01 Fev 2020 / 15:14 H.

O presidente do Partido Socialista-Madeira está a participar, este fim-de-semana, no XVI congresso do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV).

Esta manhã, Emanuel Câmara discursou perante os congressistas, começando por deixar uma saudação aos presentes e agradecer o convite feito à estrutura regional do PS pela direcção do PAICV.

Na sua intervenção, o líder dos socialistas madeirenses destacou a importância das relações entre a Região Autónoma da Madeira e Cabo Verde, “que já vêm do passado e devem manter-se no presente”, perspectivando o futuro.

Emanuel Câmara focou a matriz dos partidos socialistas, “que são as pessoas”, e, neste que será um ano de eleições autárquicas naquele país, apontou que “o trabalho nas freguesias e nos concelhos será fundamental para o PAICV se afirmar junto da população”. Tal como considerou, “será ganhando câmaras e reafirmando o poder local que o partido poderá, futuramente, voltar ao poder no país”.

O dirigente socialista sublinhou “o trabalho de afirmação do poder local que o PS-Madeira tem vindo a fazer”, lembrando também já as eleições autárquicas do próximo ano, e destacou o facto de, nas últimas Legislativas Regionais, ter conseguido tirar a maioria absoluta ao PSD.

A importância geoestratégica das ilhas da Macaronésia e a necessidade de preservação das suas especificidades e de primar pela sua diferença foi outro dos assuntos abordados pelo dirigente socialista.

De referir que, nesta deslocação, Emanuel Câmara faz-se acompanhar pelo vice-presidente do PS-M, Avelino Conceição, e que o partido a nível nacional está igualmente representado ao mais alto nível pelo secretário-geral adjunto, José Luís Carneiro, e por Maria da Luz Rosinha, membro do secretariado nacional do PS.