Conceição quer ver o FC Porto bater um “dos melhores plantéis do Benfica”

Porto /
23 Ago 2019 / 14:51 H.

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, admitiu hoje a equipa vai defrontar no sábado um “dos melhores plantéis do Benfica dos últimos anos”, mas estabelece como objetivo a vitória no ‘clássico’ da I Liga de futebol.

Apesar de referir que o seu foco está no FC Porto e na definição da melhor estratégia para este jogo da terceira jornada, no Estádio da Luz, em Lisboa, Sérgio Conceição elogia o líder do campeonato e salienta as dificuldades.

“Com a informação que existe, com a análise que é feita pelos staffs técnicos, a forma como se consegue dissecar os adversários, não vejo segredos ou vantagens nesse sentido. Claro que há a preparação do jogo, mas, independentemente de conhecer bem o adversário, o meu foco está no FC Porto, sabendo que vamos encontrar um coletivo forte, talvez dos melhores plantéis do Benfica nos últimos anos”, afirmou o técnico portista em conferência de imprensa.

Sérgio Conceição explicou, no entanto, que a análise à equipa do campeão nacional não é feita de forma individual, mas sim de uma forma coletiva.

“Não estamos focados no Rafa, no Rui Costa, no Mantorras, não vale a pena ir por aí. Olhamos para o coletivo. É uma equipa extremamente dinâmica. Mobilidade interessante na frente, sabe usar a profundidade no último terço... Estamos atentos a isso, a momentos em que não tem a bola também, associado a momentos quando temos a bola, que é uma situação de que o Benfica gosta, até dar iniciativa ao adversário, para depois sair em contra-ataque. Isso é o espetáculo”, afirmou.

Sobre a importância do ‘classico’, Sérgio Conceição está consciente de que “vai ser um desafio difícil entre duas equipas habituadas a lutar por títulos”, o que o tornará “um desafio interessante”.

Quando questionado sobre o facto de o Benfica já levar 12 golos marcados esta temporada e, em três partidas oficiais, não ter sofrido qualquer golo, Sérgio Conceição entende que, até agora, os adversários talvez não tenham explorado os pontos menos fortes dos ‘encarnados’

“Olhando para esse caudal ofensivo, consistência defensiva, olhando para diferentes comportamentos da equipa nesses diferentes momentos de jogo... Podemos pensar, não quero dar uma de professor, se calhar os adversários não foram capazes de explorar as fragilidades, os erros que todas as equipas cometem. Não há equipas 100% eficazes durante os 90 minutos de jogo. Vamos preparar o jogo da melhor forma para fazermos golos e não sofrer. Digo sempre que prefiro ganhar por 1-0 do que por 2-1”, frisou o treinador que assume a vontade de sair da Luz com a vitória.

A motivação de jogar estes jogos passa, para Sérgio Conceição, pelo facto de carregarem ao peito o símbolo do FC Porto e nada mais que isso.

“A emoção dos jogos vale por vestirmos a camisola que tem este símbolo. Já é emocionante por si só. Um ‘clássico’ é sempre um clássico, um jogo que toda a gente gosta de disputar, a motivação não tem de vir do 4-0 ao Vitória de Setúbal ou de uma vitória contra um rival. A motivação tem de ser diária, é o que transmito sempre ao grupo e é o que o grupo sente também”, disse ainda o treinador.

O Benfica, líder do campeonato, com seis pontos, e o FC Porto, sexto, com três, defrontam-se a partir das 19:00 de sábado.

Outras Notícias